No estúdio
Buscar

Ressonância

Atualizado: 1 de jul.


Estúdio Vocal Ricardo Morra - Ressonância

Nós temos três sistemas que funcionam em conjunto para que consigamos cantar de maneira correta: respiração, fonte (onde começa o som nas pregas vocais) e filtro (como tudo isso é amplificado). Literalmente, o que está acima da prega vocal é chamado de filtro e funciona como um amplificador da nossa voz.


Hoje vamos falar do filtro onde acontece a ressonância


O som da prega vocal por si só seria muito parecido com o som de um barbeador. O que faz com que tenhamos uma identificação de timbre e sonoridades diferentes é o nosso trato vocal, o nosso filtro. Você já deve ter percebido que em uma mesma música, um cantor consegue fazer dois ou três tipos de vozes diferentes. Isso é resultado do nosso trato vocal que irá funcionar como um amplificador dessas frequências emitidas.


De modo geral, na ciência vocal isso será estudado como relação harmônicos e formantes, mas não vamos nos aprofundar nessa questão agora. Queremos apenas que você entenda que conforme mexemos nas estruturas do trato vocal mexemos também na sonoridade. Espaço de ressonância do canto é trato vocal


Por exemplo: pegue uma garrafa com água até a metade e faça sopros na boca do objeto. Você terá uma sonoridade mais aguda, um pouco mais estridente. Agora, retire toda a água da garrafa e execute o mesmo processo para perceber a diferença. Você notará que a sonoridade mudou completamente, parece que a nota ficou mais “grave”.


O que aconteceu foi que no primeiro exemplo havia água até́ a metade, então o espaço para o som se propagar era menor. No segundo caso havia muito mais espaço, já que a garrafa estava vazia. Nós podemos usar esse mesmo exemplo para o nosso trato vocal.


Se eu fizer uma nota com a laringe um pouco mais baixa, consequentemente o meu palato estará mais elevado, então háverá mais “espaço”. Se a mesma nota for feita com a laringe um pouco mais alta, o palato ficará mais baixo diminuindo meu espaço e as notas irão parecer um pouco mais “agudas”. Porém, o que estamos ouvindo é o efeito de ressonância muito parecido com o exemplo que demos da garrafa, uma vez que estamos produzindo a mesma nota. A forma como mexemos com o trato vocal irá influenciar na sonoridade que escutamos.


#CantarBem #CantarAfinado #AulaDeCanto

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo